Total de visualizações de página

domingo, 11 de janeiro de 2009

Exposição de Cartier Bresson no Brasil

2009 será o ano da França no Brasil. É possível acompanhar a programação no site oficial, em
http://anodafrancanobrasil.cultura.gov.br/

Infelizmente quase tudo está programado para a região sudeste, exceto as apresentações que percorrerão várias cidades brasileiras. Acompanhei a inscrição dos projetos, que necessitavam de dois parceiros, um de cada país. Assim, se pouco há nas demais regiões, infelizmente, isso deve-se à falta de interesse ou de condições das mesmas em fazer parte dessa festa.

Porto Alegre homenageará a França na Feira do Livro. Parabéns à Câmara do Livro, que se lembrou do país de Vitor Hugo. No entanto, isso não é novidade; sempre fazemos isso nas nossas feiras. Tomara que venha algo mais e esse algo mais bem que poderia ser a exposição de Cartier Bresson, prevista para São Paulo. Com esse marasmo cultural que estamos vivendo nos últimos anos, acho difícil. Quem puder ir a São Paulo, aproveite. Em todo caso, transcrevo abaixo a notícia na íntegra:

"Publicado em 29 de dezembro de 2008
Exposição Henri Cartier-Bresson
Outubro a novembro no SESC São Paulo

A Fundação francesa Cartier Bresson em parceria com a empresa brasileira Escamilla promove uma exposição
Sidewalk Cafe, Boulevard Diderot, por Henri Cartier-Bresson
fotográfica com seleção de cerca de 130 das melhores obras de Cartier-Bresson, ampliadas sob a supervisão do curador Eder Chiodetto e oriundas da agência francesa Magnum Photos, criada por ele em 1947.
Haverá também o lançamento do livro “Henri Cartier-Bresson – Fotógrafo” pela editora Cosac Naify e um ciclo de debates denominado “O Momento Decisivo Hoje” que contará com a participação de especialistas franceses e brasileiros.
Exposição de fotografias em paralelo à mostra principal, com cerca de 30 fotografias trará trabalhos de fotógrafos que atuaram nas Revistas “O Cruzeiro” e “Realidade”, entre outras, tais como Flávio Damm, Thomaz Farkas, José Medeiros, Alécio de Andrade, German Lorca, etc. Distribuição de folders didáticos com explicação sobre a importância da obra do fotógrafo e reflexões sobre algumas de suas fotografias."

Um comentário:

Ed disse...

Olá, Zita!
Gostei do eufemismo no início do texto. "Região sudeste". Ora, vamos combinar que isto aqui, o nosso RGS, é quase-província.
Abç carinhososos,
Edgar